Buscar
  • Casa Cuca Ferramentas Ensino

DICASALÉM DA FALTA DE ATENÇÃO

Algumas semanas atrás, uma tia preocupada nos perguntou se havia algo que poderia fazer para ajudar a sobrinha em uma questão escolar.

O caso era simples: a mãe da estudante ficava muito brava quando via o caderno da filha incompleto. Frases não escritas até o final e/ou palavras ausentes na cópia da matéria da lousa. Era sempre um desgaste constante para a família.

A mãe atribuía o caderno incompleto à preguiça e por isso acreditava que deveria repreender a filha até que ela executasse a ação corretamente. A tia, olhando de fora, tentava também ouvir a menina e o que sempre ouvia era: não dá tia, ela vai rápido demais. E jurava que estava tentando.

A dificuldade de cópia à lousa pode estar associada a diversos motivos, mas dessa vez estava ligada à um comportamento bastante comum. Pedimos à tia que observasse a sobrinha copiando e visse quantas palavras ela copiava de cada vez: bingo! A menina copiava uma sílaba ou, no máximo uma palavra por vez. Com a demanda de cópia cada vez maior, tornava-se realmente impossível para estudante copiar tudo o que a professora escrevia, antes da mesma apagar a lousa. Um simples incentivo a copiar 4 palavras por vez foi o suficiente para menina passar a ter os cadernos completos.

Quando olhamos para dificuldades escolares precisamos estar dispostos a sermos detetives. O nosso olhar diferenciado, assim como o de outras pessoas que possam olhar de determinada distância, é muito valioso! Sempre que puder se pergunte : do que depende essa atividade que meu filho não está conseguindo completar? Ele consegue executar todas os atividades que seriam pré-requisitos para essa?

Tem alguma dúvida? Escreva para nós: cucaresponde@acasacuca.com

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

5 DICAS PARA AJUDAR SEU FILHO PERFECCIONISTA

Para muitos pais, as lições de casa ou estudos para provas são verdadeiras batalhas  a serem vencidas todas as noites. Para esses pais felicidade seria  ter crianças auto-motivadas, e muito preocupada