Dislexia

O que é?
A dislexia apresenta-se como uma dificuldade para a leitura e para a compreensão e produção de textos escritos. Indivíduos com dislexia podem ter dificuldades com: leitura; escrita; consciência fonológica; decodificação fonológica; velocidade de processamento; compreensão verbal; memória de trabalho auditiva; e memória de longo prazo, entre outras habilidades. A dislexia pode estar associada também à dificuldade de distinção entre direita e esquerda e à dificuldade de percepção de dimensões, por exemplo. Não há consenso sobre as causas da dislexia, contudo, há fortes evidências neurológicas relacionadas a ela (DEHAENE, 2009).
 
Diagnóstico

O diagnóstico de dislexia é realizado por equipe multidisciplinar. Em geral, o professor com formação em Pedagogia ou Letras pode perceber dificuldades nos anos de alfabetização da criança como uma forma de pré-avaliação e encaminhamento. Dessa forma, o diagnóstico deve ser feito por equipe multiprofissional que conte com psicopedagogo, fonoaudiólogo, psicólogo e profissionais de neurologia.
No DSM-V, a dislexia foi dividida, segundo seis diagnósticos de desordem de aprendizado (http://pt.wikipedia.org/wiki/Dislexia):
• Desordem na leitura de palavras;
• Desordem na fluência de leitura;
• Desordem na compreensão da leitura;
• Desordem na expressão escrita;
• Desordem no cálculo matemático;
• Desordem na resolução de problema de matemática.
 
Recomendação

Por um lado, não existe uma “cura” para a dislexia. Por outro, o cérebro é plástico e pode ser exercitado para cobrir dificuldades relacionadas à dislexia. Embora a dificuldade de leitura traga, em geral, desafios e frustrações no âmbito acadêmico (que depende largamente da linguagem escrita), os pais têm que entender que a dislexia não significa danos à inteligência nem a outras habilidades. Casos de intervenção bem sucedidos passam, por exemplo, por abordagens diferenciadas de alfabetização, como o método fônico e o método multissensorial. Intervenções como o Fast ForWord, por exemplo, atuam de forma muito positiva no treinamento do cérebro para a aquisição e reforço de habilidades cruciais à leitura fluente.