ABOUT
SOCIAL
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle

contato@acasacuca.com

(11) 3569-4028

Rua Purpurina, 155 cj 47

© 2023 by DATO. Proudly created with Wix.com

Buscar
  • Casa Cuca Ferramentas Ensino

CONTAGEM VERBAL E DE OBJETOS

Contagem é: …o primeiro veículo para a construção com conceito de número e a base para o uso da matemática informal. Dificuldades com contagem podem prejudicar seriamente o progresso matemático escolar de uma criança. ( p. 5) Baroody e Coslick (1998)


A contagem verbal e de objetos é essencial para o desempenho futuro em atividades matemáticas. Dentro da literatura, não há consenso sobre a melhor forma de se ensinar, entretanto, Baroody (1987) defende que alguns cuidados devem ser tomados em relação ao ensino de comportamento matemáticos de contagem. O primeiro deles é que as crianças devem ser fluentes em cada um dos comportamentos componentes da contagem.

O domínio é essencial porque comportamentos matemáticos envolvidos na contagem são construídos com base uns nos outros e servem de base a atividades mais complexas como contar-fora (tirar número determinado de elementos de um grupo maior) ou realizar mudanças em conjuntos. Se os comportamentos matemáticos que servem como base para outros comportamentos mais complexos não são eficientes, as crianças não poderão desempenhar tarefas mais complexas.

Vargas (2013) concorda que é necessário que o indivíduo tenha domínio sobre os comportamentos adquiridos, sendo este medido através da fluência, que é uma medida que inclui acurácia ou taxa de resposta e tempo de execução. No que diz respeito ao comportamento matemático, um exemplo seria a criança ser capaz de fazer cálculos aritméticos simples de um dígito sem precisar recorrer à contagem nos dedos, em segundos.

Vargas (2013) relata que há vantagens documentadas quando o critério de fluência é atingido: 1. o desempenho não se deteriora com o tempo; 2. Distrações não prejudicam o desempenho. Os alunos podem circular substantivos mesmo com um rádio ligado; 3. Taxas elevadas podem incentivar persistência no trabalho. Os estudantes não desistem facilmente ou param de funcionar depois de completar apenas alguns problemas quando sua fluência é alta; 4. Estudantes que atingiram elevados níveis de fluência demonstram generalização do comportamento diante de novas situações, por exemplo, são mais propensos a utilizá-las fora da classe.

O segundo cuidado, segundo Baroody (1987) que deve ser tomado quando se ensina contagem é que os comportamentos matemáticos devem ser calcados em experiências concretas, envolvendo manipulação física de estímulos. Para o autor, os comportamentos que compõe a contagem devem ser primeiro ensinados por meio de atividades concretas, de maneira a parear estímulos orais e escritos com objetos.

Referências

Baroody, A. J. (1987). Children’s mathematical thinking: A developmental framework for preschool, primary, and special education teachers. Teachers College Press. Baroody, A. J., & Coslick, R. T. (1998). Fostering children’s mathematical power: An investigative approach to K-8 mathematics instruction. Mahwah, NJ: Lawrence Erlbaum Associates. Baroody, A. J. (1987). Children’s mathematical thinking: A developmental framework for preschool, primary, and special education teachers. Teachers College Press. Vargas, J. S. (2013). Behavior analysis for effective teaching. Routledge.

1 visualização